Tag: AT

Taxonomias no SAFT (PT)

De acordo com a portaria 302/2016 é alterada a estrutura do ficheiro SAF-T que passa a conter mais informação contabilística. Tal medida visa simplificar o envio da IES de 2017.
A partir de 1 de Julho de 2017 os programas de contabilidade devem estar preparados para esta exigência da AT.

Veja como o SAFTonline simplifica e aumenta a produtividade do seu gabinete.

Para enviar o DMR á AT sem perder tempo no portal DMR AT

Para ir automaticamente em lote buscar os fundos de compensação dos seus clientes

Importador de dados dos Recibos Verdes para contabilistas.

O seu cliente esqueceu-se de enviar os recibos que recebeu e que têm retenções na fonte de IRS?

Não sabe quantos Recibos Verdes a empresa do seu cliente recebeu?

Com o importador automático de Recibos Verdes, tenha sempre presente os recibos que foram emitidos aos seus clientes, bem como todos os valores a eles associados sem ter de ir ver ao portal da AT.

Pode exportar a informação para Excel.

Ajuda no preenchimento do Modelo 10

Poupa tempo, terá maior produtividade, comodidade e maior controlo.

DMR AT o que muda com a Portaria n.º 31/2017

Portaria n.º 31/2017  vem eliminar a necessidade de se elaborar a Declaração de Retenções na Fonte ao usar os dados constantes na DMR, para automaticamente emitir as referências para pagamento das retenções na fonte relativas a remunerações, dispensando o contribuinte do preenchimento adicional da Declaração de Retenções na Fonte.

Assim deve  o pagamento ser efetuado com base em chave de referência (DUC) gerada mediante submissão da DMR.

Com a nossa funcionalidade DMR AT entrega automática, fica ainda mais simples para as empresas submeterem os seus DMR à AT sem perderem qualquer tempo no portal!

 

Portaria 426-A/2012 - disposição transitória art 7º

Duvidas sobre Portaria Nº 278/2014

A disposição transitória referida no  artigo 7º quando foi publicada seria para vigorar no ano de 2013, no entanto teve já duas prorrogações, para 2014 (lei nº83-C/2013 (OE2014) artigo 191) e para 2015  (Portaria nº 278/2014).
Não existindo publicado qualquer diploma legislativo que prorrogue novamente para 2016 a referida norma, esta encontra-se de momento revogada.
Assim os contribuintes abrangidos pela disposição transitória deverão passar a efetuar a comunicação das faturas nos termos gerais.
Em termos gerais significa que terão de ser declaradas todas as faturas quer contenham ou não, número de contribuinte de cliente assim como todos os elementos de cada fatura.

Mais uma vez é aqui que o SAFTExcel ajuda e poupa dezenas de horas a qualquer contabilista.

SAFTExcel

Não podia ser mais simples, para comunicar os elementos das faturas, preencher os dados enviar e está feito.

Para o contabilista que usa o SAFTExcel,  apenas tem de preencher a folha de cálculo fornecida e enviá-la por correio eletrónico para o endereço definido. O sistema lê a folha e valida os dados, de seguida carrega os dados no portal AT numa operação que demora em média 5 minutos a ser executada pelo nosso sistema.
Como funciona?
Uma rotina informática valida os valores, NIF válidos valores, séries.
Um programa robô carrega os dados de uma forma automática no portal em poucos minutos.
De seguida o contabilista recebe um correio eletrónico com a cópia dos ecrãs dos dados carregados no portal.

Veja no video como é simples